Posts Tagged ‘Móveis’

Artelieco: atitude e reaproveitamento

Já postei aqui no (re)aproveite as artes do Rodrigo Machado, fazia tempo que eu não via o site dele para conferir suas artes.  Quando acessei o Artelieco, fiquei surpresa com tanto trabalho lindo!!

A premissa do Ro é reutilizar materiais e ele sempre inventa!

Para abrir esse post, vou apresentar a luminária que encomendei para ele. Só pedi que tivesse peixes e…olha só que resultado lindo:

O Rodrigo está fazendo móveis reaproveitando madeiras. O resultado é demais:

Essa cristaleira é feita com  refugo de Fábrica de Ofurô:

Cristaleira com Cedro Rosa

Que tal reciclar pneus? Ele faz jardineiras super coloridas:

Cadeira com estofado de embalagem tetra

Rack feito com 100% de madeira reutilizada, tratada e tingida

EIS O ARTISTA!!!!

E para fechar, um quadro dele que acho MARAVILHOSO!

Ah! Quem quiser entrar em contato  e adquirir seus produtos, é só ligar:

artelieco@gmail.com
telefones :55 11 3647 9206
55 11 9326 8684

Anúncios

Recicle gavetas velhas – Dicas diretamente da Austrália I

Minha querida irmã de coração, a Quei, mandou dicas de (re)aproveitamento diretamente do outro lado do mundo!!

Hoje vou colocar uma e as outras vou colocando aos poucos!!!

Primeiro meça o espaço da parede e depois monte as gavetas no chão como quiser colocando as gavetas maiores embaixo pra dar estabilidade.

Numere as gavetas atrás pra não confundir.  Corte as partes que possam evitar que encostem umas nas outras. A dica é pintá-las ou colar um papel bonito dentro e pintar só por fora ou mesmo deixá-las natural.

Comece parafusando-as debaixo pra cima. Para facilitar, você pode parafusar um outro pedaço de madeira fina atrás. Fixe as gavetas na parede com parafusos. Decore como quiser mas lembre-se de colocar as coisas pesadas no meio e embaixo.

Herança paterna

Nos tempos aureos, meu pai foi um excelente alfaiate. Pelo menos para as roupas masculinas. Em casa somos em quatro mulheres (irmãs e mãe) e ele insistia em fazer roupas para nós, mas o detalhe era que sempre surgia algo com corte masculino e do jeito que ele queria (queríamos dois botões ele colocava cinco)!!

Bom, como herança do “ambandono da profissão” e separação dos meus pais, “herdamos” uma máquina de costura, (ou o sobreu dela), exatamente como essa abaixo. A ‘coitada’ da máquina está abandonada na casa da minha mãe, que já cansou pra pedir para “dar fim naquilo”.

Mãe, juro que vou reformar a máquina e fazer uma mesa bem legal como essa tá?!

A dica é do Ecoblogs  http://www.ecoblogs.com.br/page/2/